“Estamos há não sei quantos dias em casa e contando…”. O período de isolamento social, recomendado pela OMS e pelos governantes sensatos e preocupados com a população, é que devemos ficar em casa e sair apenas quando imprescindível, por exemplo ir ao mercado. Inclusive, vale lembrar das dicas que demos sobre o fomento do comércio local.

Uma coisa que estes dias em casa tem nos feito é ligar o modo ansiedade. E, por causa dele, alguns gatilhos estão sendo ativados: desde a vontade de não fazer nada ao descuido com a alimentação.

No quesito inércia, não podemos sugerir muita coisa, afinal, antes mesmo de virarmos palpiteiros do que cada um deve fazer, entendemos que cada um reage de uma forma. Uns estão “ok” mantendo os livros, séries e atividades físicas em dia, porém outros precisam de ajuda profissional (isso é assunto para outra pauta!).

E esse caos não é desculpa para descuidarmos da nossa alimentação e nos entregarmos ao macarrão instantâneo e a outras tranqueiras. Lógico que podemos sair da linha uma vez ou outra, mas não podemos deixar que isso vire regra.

Para ajudar a manter a alimentação em dia, conversamos com a nutri Ingrid Ribeiro, mestranda em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de Sergipe, que nos deu dicas de como manter a alimentação em dia, de maneira descomplicada e saudável, durante estes dias em casa.

Abaixo segue dicas de refeições, sobremesas e lanches práticos para melhorarmos nossa alimentação sem deixar de lado o sabor.

CAFÉ DA MANHÃ

Para o café da manhã Ingrid sugere que seja composto por alimentos com boas fontes de proteína, como ovos, leite, queijos magros. As frutas in natura (preferência) ou em forma de sucos (suco verde, por exemplo) também devem ser incluídas. Por serem ricas em vitaminas e minerais, são excelentes aliadas para o reforço da imunidade. A nutri também lembra que, quando for consumir pão, devemos optar pela versão integral pois, é mais rica em fibras, garantem uma maior saciedade e auxilia no funcionamento intestinal.

Como opções de café da manhã temos:

  • Ovos mexidos + saladas de frutas + café
  • Pão integral queijo branco + suco verde
  • Crepioca de queijo + frutas + iogurte

Receita Crepioca:

  • 1 Ovo
  • 1 Colher de sopa de tapioca
  • Sal à gosto

Preparo: Bata todos os ingredientes em um refratário ou bowl, com o auxílio de um garfo. Em seguida, leve a uma frigideira em fogo baixo, pré-aquecida e untada com algum óleo da sua preferência (azeite, canola, óleo de coco). Assim que a massa estiver mais firme, acrescente o recheio da sua preferência (queijo, carne moída, frango, atum, cogumelos) e amasse levemente com um garfo para a massa cobrir o recheio. Assim que um lado estiver dourado, vire para dourar o outro lado também.

ALMOÇO E JANTAR

Já para o almoço é aconselhado que o prato contenha legumes, hortaliças, boas fontes de carboidrato (arroz integral, macarrão integral, mandioca, batata doce), proteínas como peixe, frango, patinho, são recomendadas. As leguminosas (feijão, ervilha, grão de bico, lentilha) também devem compor o prato. Para facilitar o preparo e consumo, já podemos deixar porções congeladas (de carboidratos, proteínas e leguminosas) evitando sair da rotina e cometer pequenos deslizes. No jantar, priorize refeições mais leves com frango ou peixe e legumes. Nos dias mais frios, as sopas também podem alternativas.

Como opções temos: 

  • Macarrão integral com carne moída + salada de cenoura e tomate
  • Frango grelhado+ lentilha cozida + salada de legumes no forno

Receita Salada de legumes ao forno:

  • 1 Cenoura
  • 1 Abobrinha
  • 1 Batata doce
  • 1 Cebola
  • 1 Pimentão
  • Ervas finas
  • Azeite
  • Sal

Corte todos os vegetais em tamanhos semelhantes (palito, cubos ou rodela. Coloque em uma assadeira e tempere com as ervas, azeite e sal. Leve ao forno (pré-aquecido) por aproximadamente 30 min e sirva.

SOBREMESA

Nem toda sobremesa é sinônimo de coisas açucaradas, podemos trocar as sobremesas por frutas como abacaxi com raspas de limão, creme de papaia, morango com canela, bolo de caneca banana (também serve como lanche).

Receita de Bolo de caneca de banana:

  • 1 Ovo
  • 1 Banana amassada
  • 2 Colheres de sopa de aveia em flocos finos
  • 1 Colher de chá rasa de fermento biológico
  • 1 Colher de cacau em pó (ou achocolatado da sua preferência)
  • 1 Canela à gosto

Misture todos os ingredientes e coloque em uma caneca. Leve ao microondas por 2 minutos. Pode adicionar castanhas ou fazer calda de leite em pó. Para a calda a: 2 colheres de sopa de leite em pó + água (vai mexendo e colocando água aos poucos – tem que ficar consistência creme).

LANCHE

Para o lanche há várias sugestões simples como a boa e velha pipoca, gelatina caseira, frutas, mix de oleaginosas (castanha de caju + amêndoas + castanhas do Pará). Para quem quer dar uma inovada sugiro também panqueca de banana, torrada com guacamole e também, snack de grão de bico.

Receita Panqueca de banana:

  • 1 Ovo
  • 2 colheres de sopa de farelo de aveia
  • Canela à gosto
  • 1 Banana

Amasse a banana e misture os demais ingredientes com um garfo. Em uma frigideira untada (óleo de coco, azeite, óleo de canola) e pré aquecida, acrescente a mistura em fogo baixo. Doure os lados e sirva.

  • 1 Abacate maduro
  • 1 Tomate maduro
  • Suco de 1 limão
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • Coentro picado a gosto (salsa para os que não curtem tanto)
  • Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Corte o abacate ao meio, no sentido do comprimento, e descarte o caroço. Descasque, corte cada metade em cubos e transfira para uma tigela. Regue o abacate com o suco de limão e amasse com um garfo até formar um purê rústico. Corte o tomate em cubos pequenos. Pique grosseiramente as folhas de coentro. Junte ao abacate amassado, tempere com o azeite, sal e pimenta a gosto. Misture bem e sirva imediatamente.

Obs: Pode ser acrescentado também na receita 1 cebola. Caso não consuma imediatamente, deixe preparado em um refratário de vidro (armazenado na geladeira) e regue com o limão, sal e pimenta apenas no momento eu for servir.

E aí, gostaram? Conta pra nos comentários qual receita não pode ficar de fora do seu cardápio durante estes dias em casa!

Por: Caroline Andrade
caroline.andrade@canseideserpop.com

3 thoughts on “Comer bem na quarentena, é possível?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *