Por: Tatiana Torquato Lima

A origem, história e estatísticas da Campanha Outubro Rosa, foi contada em outro texto meu (clique aqui para ler). No meu ver, abranger o contexto e os levantamentos sobre o assunto, é fundamental para entendermos a complexidade, dimensão, desafios e importância do mesmo.

Hoje pretendo trazer uma perspectiva mais voltada à prevenção e continuação da conscientização da existência do câncer de mama.

Primeiramente vamos perceber que a prevenção perpassa por outras perspectivas muitas vezes esquecidas e, o foco fica quase, só na detecção precoce do câncer. 

Estudos indicam que para a prevenção do câncer de mama, é importante manter o peso corporal saudável (lembrando que cada pessoa tem seu biotipo), ser fisicamente ativo, evitar bebidas alcóolicas, comer menos comidas industrializadas, ter cuidado com os agrotóxicos, enfim, manter uma vida de hábitos mais saudáveis, incluindo cuidados com a saúde emocional e bons relacionamentos.

Segundo o INCA (Instituto Nacional de Câncer), cerca de 28% dos casos podem ser evitados com esses hábitos.

Leia também: A história do Outubro Rosa

Entendo que a campanha tem que ser ampliada por vários meios, incluindo as redes de comunicação, profissionais de várias áreas, como educadores físicos, nutrólogos, nutricionistas, médicos, psicólogos,enfermeiros, assistentes sociais, o próprio SUS em toda sua extensão de baixa, média e alta complexidades, desde os venenos usados na nossa alimentação aos cuidados de prevenção e já com a doença instalada.

A união de profissionais das mais diversas áreas só tem a agregar! Acredito que com a tecnologia e acesso mais fácil a informações, tanto profissionais quanto a sociedade de modo geral, vem aprendendo mais sobre variados assuntos!

E isso é bom, pois a complexidade humana exige de nós a compreensão em nível social, biológico e psicológico.

Leia o texto na integra no blog da psicologa Tatiana Torquarto clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *