Produzida pela ASIGLA, este é o primeiro single desde o retorno do grupo para a Sony Music

Detonautas Roque Clube começou 2020 com o lançamento da música “O que tiver de ser”, com participação do rapper Mozart MZ, que também assina a canção com Vitor WAO e Tico Santa Cruz.

O que tiver de ser, marca a volta do grupo para a gravadora Sony Music, leva o DRC para um universo ainda mais ousado em sua sonoridade Pop Rock, inovando artisticamente suas possibilidades em busca de renovar seu público.

O que tiver de ser lembra a atmosfera dos anos 90, com uma pegada de amor, numa linguagem urbana e uma levada dançante.”, ressalta Tico Santa Cruz.

A letra fala sobre aspirações de um casal onde se desenha um cenário de sol e sentimentos positivos, mas também sobre alguém que reconhece que precisou melhorar suas atitudes para estar ao lado da pessoa com quem pretende viver o melhor da vida.

Com a letra pronta, o Detonautas se uniu para que a sonoridade ganhasse outras cores, deixando o ritmo e a batida contagiantes.

“É Pop, é Ragga, é Rap, é Rock na atitude, é atual, é alto astral, é uma bela forma de marcar o início de 2020 levando o clima de verão e de sol pro ano todo. Uma parceria que sintetizou bem os momentos de saudades de tempos bons da cena musical dos anos 90, porém com a linguagem de 2020”, encerra Tico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *