Criado com apoio do Programa para a Valorização de Iniciativas Culturais – VAI, (nome do espetáculo) faz primeira temporada no Pico do Jaraguá e, em seguida, reestreia um novo formato no entorno de estações paulistanas de trem e metrô

A primeira criação do grupo, EKOa, tem estreia prevista para o dia 22 de janeiro, quarta-feira, e ocorre no Pico do Jaraguá, um site-specific que discute a relação com a natureza dentro da megalópole de São Paulo.

As pesquisas para a obra se iniciaram com um projeto que nomearam Laboratório do Sensível – Camada do Outro em Mim, que consistia em incursões por diversos espaços do bairro a fim de entender mais sobre suas dinâmicas, o comportamento dos moradores e os hábitos locais.

EKOa nasce primeiramente da relação dos criadores da plataforma – Adélia Wellington, Luann Dias, Ricardo Januário e Victor Pessoa – com o bairro do Jaraguá, em que os artistas moram ou moraram.

“Começamos a dialogar sobre os formatos de muitas danças na cidade que ocorrem apenas no centro e atingem as mesmas pessoas. A partir do descontentamento com esse cenário é que decidimos ocupar outros espaços, testar outras possibilidades em dança”, conta Victor Pessoa.

A dança em EKOa assume um lugar minimalista, propondo fortalecer a poesia presente na natureza do espaço, além de explorar outras materialidades, como o figurino terroso e fluido criado por Adélia Wellington e as instalações de argila criadas por Bruna Hirai.

A relação direta entre público, performers e natureza será costurado por um áudio que o público irá receber no celular dias antes da apresentação para ser executado durante a trilha, compostos por textos que dão uma nova camada de percepção sobre a experiência.

Serviço

EKOa, da Amarela Plataforma
De 22 de janeiro a 1º de fevereiro, quarta-feira a sábado
Horário: 15h às 16h40 (100 minutos)
Endereço: Parque Estadual Jaraguá – R. Antônio Cardoso Nogueira, 539 – Vila Chica Luisa, São Paulo – SP, 05184-000
Capacidade: 20 pessoas
Classificação Indicativa: Livre
Ingressos: Grátis. É necessária inscrição prévia por meio do site https://forms.gle/QrXxfr7cjs55tHpw5.

Foto: Alice Vasconcelos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *