Depois de muita pressão de fãs, artistas, personalidades políticas e 13 anos na função, o pai da cantora Britney Spears, (Jamie Spears) enviou a tribunal documentos nos quais abre mão do cargo.

De acordo com a revista Variety e o site TMZ, o pai da cantora apresentou na última quinta-feira (12), por meio de seus advogados e representantes, uma resposta à petição que solicitava a suspensão de suas funções no Tribunal Superior de Los Angeles.

No documento, ele anuncia a renúncia, embora os advogados afirmem que não existem “motivos reais para suspendê-lo ou removê-lo” e ele afirma que quer ajudar na transição para um novo tutor.

Veja trechos destacados do documento:

“Mesmo sendo o senhor Spears o alvo incessante de ataques injustificados, ele não acredita que uma batalha pública com a sua filha sobre seu serviço como tutor dela seria de seu interesse”, dizem os documentos, enviados pelo advogado de Jamie.

“Mesmo sendo o senhor Spears o alvo incessante de ataques injustificados, ele não acredita que uma batalha pública com a sua filha sobre seu serviço como tutor dela seria de seu interesse”, dizem os documentos, enviados pelo advogado de Jamie.

“Assim, embora ele deva contestar esta petição injustificada para sua remoção, o senhor Spears pretende trabalhar com o tribunal e com o novo advogado de sua filha para preparar para uma transição ordenada para um novo tutor.”

LEIA TAMBÉM:

#freebritney: O movimento para salvar a princesa do pop
Britney consegue primeira vitória contra o pai na Justiça

Essa pode ser a primeira luz no fim do túnel para Britney, a justiça americana havia negado diversas vezes o pedido da cantora para que o pai fosse removido da tutela que comanda todos os sentido da vida da artista. Tem tempo que Britney pede sua liberdade e para que a tutela termine: “Realmente acredito que essa tutela é abusiva”, disse a cantora em depoimento por telefone ao tribunal.

Essa renúncia era o que o advogado da princesa do pop, Mathew Rosengart, tinha pedido no mês passado para a corte.

“Após treze anos de status quo, era o momento do Sr. Spears ser suspenso ou removido como conservador. Minha firma e eu nos movemos agressivamente para esse resultado”, disse, em comunicado divulgado pela Variety.

“Esperamos continuar nossa investigação sobre a conduta do Sr. Spears e outros, nos últimos 13 anos, enquanto ele colheu milhões de dólares do patrimônio de sua filha. Estou ansioso para tomar o depoimento juramentado do Sr. Spears no futuro próximo”, finalizou o advogado da cantora.

Em outros depoimentos, a artista chegou a contar sobre não poder tomar decisões de interesse privado, como retirar o método contraceptivo para engravidar (DIU).

Nós esperamos que tudo fique bem para a princesa do pop e que logo ela possa seguir com sua vida que já foi tão exposta e explorada pela indústria do entretenimento.

Imagem: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *