Uma coisa que nós aprendemos na prática e até mesmo sem quer, foi comprar pela internet. Durante a pandemia, as vendas de produtos e serviços pela web tiveram um crescimento meteórico. Esse aumento no fluxo de dados e transações online atraiu, por sua vez, a atenção de golpistas, de forma crescente.

Ao mesmo tempo que precisamos comprar pela internet, nós precisamos estar atentos para que não entreguemos nossos dados e coloquemos a nossa vida e das pessoas que amamos em perigo

Enquanto algumas fraudes podem parecer bastante óbvias, outras são mais elaboradas e difíceis de reconhecer. É importante estar atento aos novos modelos de golpes que são denunciados, saber como evitar entrar em links maliciosos na web e principalmente onde e como comprar on-line.

via GIPHY

Algumas situações fora do comum podem ajudar a perceber uma fraude, por exemplo:

  • Uma solicitação inesperada para o compartilhamento de dados pessoais;
  • Situações em que há uma pressão absurda para responder ou transferir dinheiro rapidamente;
  • Pedidos de pagamento por métodos incomuns, como moedas virtuais, ou, ainda, textos em que há erros ortográficos ou gramaticais.

Ainda assim, vale destacar os golpes de clonagem do Whatsapp, que têm acontecido em uma frequência assustadora.

Confira 10 dicas para não ser uma vítima das fraudes digitais:

1) Ative a verificação em duas etapas no Whatsapp. Este mecanismo simples, permite cadastrar um código PIN que será pedido pelo app quando houver a tentativa de habilitar sua conta em outro aparelho celular. Para isso, acesse a guia de “Configurações”, clique em “Conta”, em seguida “Confirmação em duas etapas” e então “Ativar”. Então, siga as orientações e cadastre uma senha de seis dígitos.

2) Atenção às senhas. Como regra geral, estas devem ser difíceis de adivinhar e é recomendável que incluam uma combinação de letras maiúsculas e minúsculas, números e símbolos. Não use sequências obvias como aniversários, números de telefones

3) Compre apenas em sites seguros e verificados: Evite ao máximo expor seus dados em sites que não possuem uma boa reputação. Verifique bem onde você cadastra os dados do cartão e se for fazer uma compra exclusiva, prefira sempre o uso do cartão de crédito virtual.

4) Evite se expor em redes sociais. É preciso ter cuidado com as pessoas com as quais você se conecta nas redes, já que golpistas podem usar suas informações e imagens para criar uma identidade falsa para aplicar os golpes.

via GIPHY

5) Use cartão de crédito virtual (SEMPRE): O uso do cartão na versão virtual vai te ajudar a evitar cair em golpes de grande valor. Este cartão é emitido centro do aplicativo do seu banco, é uma versão virtual com os dados necessários para fazer compras on-line. Caso vá fazer compra em um site onde não tem tanta confiança, você pode fazer um cartão virtual específico para aquela transação.

6) Não baixe aplicativos de fontes não seguras: Não baixe em seu smartphone nenhum aplicativo de fontes que não sejam conhecidas. Verifique na loja de APP do seu celular o desenvolvedor, as avaliações e as últimas atualizações.

7) Atenção redobrada com os link e páginas de navegação: Não abra em seus aparelhos eletrônicos site que não seja seguros, só clique em links que você conheça a origem, se não tiver a certeza do emissor, evite abrir arquivos anexados em e-mail e fontes desconhecidas.

via GIPHY

8) Sincronização de contas em diversos aparelhos: É comum ativarmos a função de sincronização dos dados entre nossos aparelhos, mas isso requer uma atenção redobrada. É sempre bom lembrar que você não deve compartilhar o acesso a seus dispositivos com outras pessoas.

9) Cuidado com pedidos de dinheiro. Nunca faça transações ou forneça detalhes de seu cartão de crédito, conta online ou envie cópias de documentos pessoais a alguém que você não conhece ou, mais do que isso, não tenha absoluta confiança.

10) Cuide do seu ambiente virtual: Proteja sua rede Wi-Fi com uma senha e evite usar computadores públicos ou hotspots para acessar serviços bancários e fornecer informações pessoais.

A melhor dica que podemos te dar é: Sempre que suspeitar de alguma coisa errada na sua conta, entre você em contato com o seu banco através de uma linha telefônica diferente e imediatamente seu banco; após análise, algumas vezes, pode te ajudar a cancelar a compra.

Cover: rupixen.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *