Com leveza e empatia, Denise Fraga reinaugurou o Teatro Vivo com o monólogo “Eu de você” – Narrativas reais de pessoas comuns.

Confesso que ao chegar no novo Teatro Vivo, fiquei encantado pela beleza do novo templo das artes, no fundo acredito que todo teatro é um santuário.

Ao pegar o programa do espetáculo que reabriria a casa ao público, me deparei com a seguinte frase: “Ontem fui ao teatro. Me sinto arrebatado pelo que vi.

Não poderia esperar menos de um dos maiores nomes da dramaturgia brasileira.

Em meio a mais de 300 histórias, Denise Fraga, com uma equipe criativa de primeira linha, nos presenteou com um olhar delicado e acima de tudo real sobre o cotidiano, sobre os empregos loucos que transformam o mundo todo em maquinas positivistas e sem vida.

Relacionamentos que aprisionam, mas acima de tudo fala sobre amor. Em tempos sombrios onde o amar é quase ilegal, onde amar virou um ato politico, viver virou uma prova de resistência.

Leia Também: Musical Isso que é amor

Um palco simples que dispensa grandes cenários , figurino impecável, projeções lindas, histórias sufocantes de tão reais conseguem despertar um misto de risos que são rapidamente molhados por lágrimas de reflexão, em um país onde esqueceram o AMOR, deixaram apenas ORDEM e PROGRESSO – para poucos.

Em meio às perguntas, questionamentos, temos cada vez menos respostas.

Sentir a emoção da plateia sedenta por respostas, mesmo que camufladas diante dessa situação atual, só torna obrigatória sua visita ao Teatro Vivo, para sair de lá com a mesma certeza que eu:

EU CONFIO NO TEATRO

One thought on “Eu de você com Denise Fraga”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *