O festival “MITA – Music Is The Answer” agitou o circuito dos grande festivais de música em São Paulo durante os dias 14 e 15 de maio, realizado no Spark Arena, um espaço amplo, aberto e com uma estrutura bem distribuída entre praças de alimentação, espaços de ações para as marcas parceiras, áreas com Djs, Lounge e palcos dignos de um evento da maior cidade da américa latina: São Paulo.

O MITA mostrou a que veio e proporcionou aos amantes dos festivais, mais uma opção de entretenimento e espaço para criação de boas memórias ao som de muita música.

Este é o primeiro festival produzido em parceria pelas empresas Bonus Track, de Luiz Oscar Niemeyer e Luiz Guilherme Niemeyer, e 30E – Thirty Entertainment, e entrou para o calendário de festivais com uma proposta de acontecer anualmente.

A curadoria musical foi assinada em parceria com a MangoLab, plataforma musical que também ficou responsável pela criação visual do projeto que trouxe um vibe selva de pedra que lembram até mesmo aquelas festas bem underground nos estacionamentos da cidade, com um toque verde do paisagismo para reforçar o compromisso ambiental do evento.

Um line-up recheado de atrações nacionais e internacionais, o MITA reuniu nomes já consagrados e artistas da nova geração em dois palcos (Deezer e Villa Lobos), que surpreenderam pela estrutura e visibilidade, e não deixaram os fãs ansiosos nem um minuto sem música.

Gilberto Gil – Festiva MITA – Foto: Luiz H. Leão

LINE-UP – FESTIVAL MITA – SÃO PAULO

Palco Deezer – São Paulo
14 de maio
  • 12h45 Day convida Lucas Silveira
  • 14h25 Black Alien
  • 16h15 Marina Sena
  • 18h35 Tom Misch
Palco Deezer – São Paulo
15 de maio
  • 12h Jean Tassy
  • 12h45 Coruja BC1 convida Larissa Luz
  • 14h25 Heavy Baile16h15 Marcelo D2
  • 18h35 Matuê
Palco Villa Lobos – São Paulo
14 de maio
  • 13h35  Xênia França
  • 15h20  Luedji Luna
  • 17h10 Gilberto Gil in Concert
  • 20h  Rüfüs du Sol
Palco Villa Lobos – São Paulo
15 de maio
  • 13h35 Letrux
  • 15h20 Liniker17h10 Two Door Cinema Club
  • 20h Gorillaz
Marina Sena – Festiva MITA – Foto: Luiz H. Leão

Tão lindo como o dia de calor que acompanhou o primeiro dia do Festival MITA foram os shows de Marina Sena, Luedji Luna e Gilberto Gil que levou os fãs – incluindo a redatora que revisa essa matéria agora – as lágrimas.

A emoção de estar ao vivo com seus artistas favoritos e se reencontrar com os amigos e outros apaixonados pela energia dos festivais tomou contado do evento que após as flexibilizações das medidas sanitárias, abriu os portões para toda essa magia que só a música, a paixão e o calor humano pode proporcionar.

Você pode gostar:

BREVE FESTIVAL 2022 – A emoção do retorno manteve a energia no alto
Em tom politizado, Nômade Festival lotou o Memorial da América Latina
Festival Rock the Mountain recebe Emicida, Duda Beat e outros em Itaipava

Não sendo diferente, no segundo dia quando foi fácil perceber a ansiedade dos fãs mais jovens para a apresentação do Gorillaz, o festival recebeu nomes da música brasileira como a cantora carioca Letrux e a paulista Liniker.

O cantor Marcelo D2, representou o rap/hip-hop brasileiro com grupo Planet Hemp e seu repertório solo.

Xênia França – Festiva MITA – Foto: Luiz H. Leão

Matuê, rapper cearense e um dos nomes mais forte da cena trap nacional agitou a multidão com suas rimas autobiográficas e fortes graves comandados pelo Dj que acompanhou toda sua performance.

Se propondo a realizar um evento diferente de tudo que já foi visto nas questões de sustentabilidade, o MITA já começou a realizar a compensação de parte das emissões de carbono do festival e em parceria com Heineken, criou e utilizou um modelo de copo biodegradável, derivado de recursos renováveis como o amido de milho.

@canseideserpop

Nosso fim de semana foi muito agitado no @MITA !!! O melhor de tudo é que no próximo ano tem mais! Acesse o site do CSP e saiba tudo que rolou em SP e ainda tem mais nos dias 20 e 21 de maio, no Rio de Janeiro! #mitafestival #festivalmita #mitasp

♬ As It Was – Harry Styles

Além disso, o MITA já chegou como um evento itinerante e parte para o Rio De Janeiro, nos dias 21 e 22 de maio.

Chegou a vez da cena carioca dos festivais de musica se movimentar um pouco! <3.

Reportagem: Diorman Amaral
Imagens e vídeo: Luiz H. Leão e Caroline Andrade
Colaboração: Michel Castilho
Apoio: Renata Pacheco e Equipe FleishmanHillard Brasil

One thought on “Festival MITA 2022: A música respondeu!”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *