Nos últimos anos o universo dos Podcasts tem feito a cabeça dos adultos. Em plataformas de stream você encontra todo tipo de conteúdo, da culinária até os games são inúmeras as opções para ativar nosso sentido da audição.

Com o objetivo de alimentar a imaginação das crianças que estão sempre ligadas a um mundo absolutamente visual, o casal Edú e Bia criaram o podcast ‘História de Boca’.

O nome surgiu como uma homenagem ao filho mais velho do casal de apenas 8 anos. Acostumado a ouvir histórias durante o jantar contadas pela avó, ao pedir para escutá-las dizia: “Vó, conta as histórias de boca?”.

O casal de atores reside em Los Angeles – onde Bia também leciona português como Língua de Herança e Cultura Brasileira para crianças – no início acreditavam que os ouvinte seriam em sua maioria famílias brasileiras que como eles vivem no exterior, mas para a surpresa dos artistas 60% do público está no Brasil e os outros 40% está dividido em 37 países.

“Como nós somos um casal de atores e artistas de voz, e temos um estúdio em casa, resolvemos criar este podcast para recontarmos histórias em português para a comunidade brasileira no exterior e incentivar a prática do português com as crianças em casas de expatriados, como é o nosso caso”, comenta a atriz.

Neste período de isolamento social eles criaram e contaram histórias especiais, em episódios criados para a páscoa em tempos de pandemia, que conta a história de um coelho que está bem confuso sobre como entregar os ovos sem ser notado, quando todos estão dentro de casa e no episódio “Carta às meninas e aos meninos em tempos de Covid-19”, obra realizada pelo Fórum Mineiro de Educação Infantil.

O podcast História de Boca já conta com diversas opções de histórias para as crianças soltarem a imaginação. São clássicos como: João e o Pé de Feijão, Chapeuzinho Vermelho, Os Três Porquinhos, Pinóquio, João e Maria, Peter Pan e claro contos clássicos brasileiros.

Imagem: Jason Rosewell / Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *