Sabe aquela pergunta: O que estou fazendo da minha vida?

Gosto de pensar nela como um divisora de águas entre a insanidade das cobranças do mundo que chegam em nós através da família, da escola e em todas as formas como nos ensinam a fazer as escolha “definitivas” para nossas vidas; e todos os rumos que gostaríamos que vida estivesse levando.

Afinal, a crise dos 30 de fato existe porque passamos por mudanças biológicas ou porque estamos vivendo um surto coletivo com relação as metas aplicadas aos jovens, muito antes deles terem qualquer condição de escolher algumas coisa?

Eu cresci ouvindo que ser jovem é ótimo, você tem saúde, sexualidade ativa, tem jovialidade, vivacidade e tudo mais.

Só meu amigo, o que ninguém te avisa é que:

1- Você vai se sentir perdido;

2- Vai sentir que tá ficando louco;

3- Vai ter que lidar com as cobranças do mundo cão.

Só se você for parte aquela pequena parcela da população que já tá chegando nos 30 com a vida resolvida, ou seja: Um bom emprego, um carro, uma casa/apto – pode até ser alugada – Nathalia Arcuri já falou que é melhor alugar – ter feito várias viagens legais, parabéns!

A menos que você seja parte dessa pequena turma de privilegiados barulhentos, fica tranquilo que tá tudo em ordem, mas esqueceram de te avisar.

Se você não for, você vai se sentir o cocô da galinha e tá tudo bem.

Não fique desesperado. Coloca ‘De repente 30’ e vai comer pipoca.

Eu tive um namorado que era bem assim. Aos 27 anos ele estava formado em direito, com um escritório, com um carro do ano, várias viagens legais no passaporte e um namorado gostoso e inteligente que no caso era eu.

Quando minha mãe o conheceu, ela me soltou a seguinte frase:

Nossa, mas tão jovem já conquistou tudo isso. Você tá de parabéns! 

Ai terminou de fuder tudo! 

Mas olha, se você tiver se sentindo assim, pode ficar tranquilo viu?

Me dá sua mão aqui e vamos ser amiguinhos, a gente tá fudido junto.

Imagens: Giphy

One thought on “A crise dos 30 chegou!”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.