Ícone do site Cansei De Ser Pop

15 fatos sobre a poderosa Casa Gucci

O filme “House Of Gucci” despertou um interesse em massa nas histórias por trás das marcas de luxo, sobretudo aquelas conhecidas como “impérios de família“. De uma coisa temos certeza, os produtores dos filmes acertaram na escolha, do sobrenome GUCCI.

A família Gucci pode ser famosa pelas bolsas, sapatos, vestidos de luxo e celebridades cobertas pelos modelos de seus designers, mas os escândalos que envolvem o nome da família são tão famosos quanto a qualidade de seus produtos.

Traições, golpes, vingança e ambição são apenas alguns palavras que aparecem nas tramas da família que virou sinônimo de poder, luxo e glamour.

É impossível contar a história da família Gucci em apenas um posts no formato lista, afinal, estamos falando de uma marca centenária.

Até onde pesquisei, só dos membros diretos da família existem 3 livros publicados, cada um com suas versões e percepções das situações mais adversas que vocês possam imaginar.

15 fatos sobre a Família/Marca Gucci

1- A marca Gucci começou como um negócio de família, em Florença, Itália, no ano de 1921.

2- Guccio Gucci (1881-1953), deixou claro que sua posição misógina, quando em seu testamente deixou claro que nenhuma mulher poderia assumir os negócios da família, ou seja, nenhuma mulher poderia administrar a Gucci.

3- Em seu testamento Guccio Gucci, exclui sua filha dos bens ligados a empresa da família e deixou apenas para os filhos do sexo masculino a empresa.

4- Em 1951, abriu sua loja Gucci em Milão e dois anos depois, a empresa expandiu, com a abertura de uma loja em Manhattan.

5- Após a morte do patriarca Guccio Gucci, o filho primogênito Aldo Gucci (1905-1990) assumiu definitivamente o controle dos negócios família.

 6- Em 1967, foi criado o lenço Gucci Flora, feito especialmente para Grace Kelly (Princesa De Mônaco). Após a princesa aparecer usando o lenço, rapidamente a estampa se tornou um sucesso da marca Gucci.

7- Nos anos de 1990, a marca foi “a falência”, para criar uma nova imagem para a “mulher Gucci”, a direção criativa foi entregue a Tom Ford, responsável por renovar a marca e trazer um ar mais jovial.

8- Em 2019, a revista Fobes, colocou a Gucci na lista das “Marcas Mais Valiosas” (World’s Most Valuable Brands), a aparecendo na 31ª posição, valendo 22,6 bilhões de dólares, com uma receita de 10,8 bilhões ao ano.

9- Na América do Sul, os únicos países com loja física da Gucci é o Brasil e Chile.

via GIPHY

10- O filme “House Of Gucci” foi dirigido por Ridley Scott e estrelado pelos artistas: Jared Leto, Al Pacino, Lady Gaga, Adam Driver e Selma Hayek

11- A marca Gucci, hoje não tem nenhum membro da família como sócio e pertence ao grupo Kering, responsável por diversas marcas de artigos de luxo.

12- Patrízia Reggiani foi casada com Maurizio Gucci (1948-1995) e tiveram duas filhas Alessandra e Allegra.

13- No dia 27 de março de 1995, às 8h30, um atirador não identificado disparou três tiros nas costas de Maurizio Gucci e mais um na cabeça, quando já estava caído.

14- Em 1998, Patrízia Reggiani foi condenada a 29 anos de prisão.

15- Em outubro de 2016, Patrízia foi solta por bom comportamento, após mas continuou afastada das filhas.

O filme House Of Gucci, conta apenas uma parte da história da marca/família Gucci, diversos conflitos envolvem o nome da família, desde um trapaceando nas negociações para comprar partes da empresa, sonegação de tributos, traições e por fim o crime que levou a morte de Maurizio Gucci.

Entretanto, como vimos nas curiosidades, os escândalos acabaram sendo deixamos em segundo plano, já que o valor monetário e a fama da marca já tinham ocupado um alto lugar na mente dos consumidores e também no mercado financeiro.

via GIPHY

LEIA TAMBÉM: Livro que inspirou o filme ‘Casa Gucci’ é relançado no Brasil

Sair da versão mobile