A comédia musical é 100% brasileira e traz os dois artistas se dividindo entre 12 personagens para contar a história de amor e obsessão do famoso escritor de best-seller Ângelo Rinaldi (Jarbas) com a diva de cinema e celebridade internacional Luna de Palma (Claudia).

O espetáculo musical foi um verdadeiro sucesso em sua primeira temporada, no segundo semestre de 2019 (antes do mundo pandêmico), passou por oito cidades brasileiras e levou ao teatro 14 mil pessoas. Na temporada de Portugal, mais sucesso: casa cheia e sessões esgotadas em todas as cidades pelas quais passou.

Estrutura de grandes musicais

No palco, sob a luz e todos os efeitos tem Claudia e Jardas, mas por trás da cortina tem diversos profissionais fazem o show acontecer, alguns deles contrarregra e três maquinistas, sabem o espetáculo tanto quanto os atores, pois são eles que mantem os cenários, as entradas e as saídas de cena sincronizadas.

Para ajudar a contar a história de “Conserto para Dois, O Musical“, são vários profissionais, todos com excelência em suas áreas, dos músicos, letristas, roteiristas, técnicos de som, luz, camareiras, figurinistas, peruqueiros e muitos, muitos outros que vão aos poucos criando todo o brilho dos palcos e ao mesmo tempo garantindo o sustento de suas famílias.

Afinal, o teatro, principalmente o teatro musical fazem parte da indústria do entretenimento, responsável por gerar empregos, turismo, tributos e movimentar principalmente a economia local.

via GIPHY

Sinopse | Resumo do musical “Conserto Para Dois”

A primeira vista pode parecer loucura, mas são 12 personagens interpretados pela dupla que levam no currículo páginas e páginas dos musicais mais admirados na história do Brasil.

A ação acontece no cruzeiro de luxo Sinfonia dos Mares, onde Rinaldi embarca rumo à Antártida para uma viagem de 30 dias.

Com um bloqueio criativo, ele quer esquecer o conturbado fim de seu casamento com sua musa inspiradora. Ele só não podia imaginar que daria de cara justamente com a ex. Luna embarca no mesmo navio seguindo o conselho de sua mãe, Dona Socorro (Jarbas), para fugir do marido. Nestor (Claudia), seu secretário particular, embarca junto nesta aventura.

Além de Luna de Palma e Nestor, Claudia interpreta: 

Lena de Paula, uma Drag Queen que se apresenta no Sinfonia dos Mares homenageando sua diva Luna de Palma.

– a terapeuta de Rinaldi, que atende por Skype e está tentando ajudá-lo neste momento difícil com suas consultas e alguns remedinhos;

Jussara, a camareira de Lena e única pessoa que pode se aproximar dela;

– a sereia (um devaneio de Ângelo Rinaldi);

– e um dos marinheiros do navio, que tem sempre uma dica certeira para dar.

Jarbas, além de dar vida ao famoso escritor Ângelo Rinaldi, personifica:

– Dona Socorro, a mãe de Luna, que vive dando suas opiniões (bem bombásticas) mesmo sem ser solicitada;

Stenio Estebán, um produtor de cinema argentino;

Pompeu, um velho milionário que guarda um grande segredo;

– e um dos marinheiros do navio.

O desenrolar de “Conserto para Dois, O Musical” e suas reviravoltas são contadas no palco unicamente com os recursos cênicos e o talento de Claudia Raia e Jarbas Homem de Mello.

via GIPHY

Músicas do espetáculo “Conserto Para Dois” nos streamings

Apesar de longe dos palcos, Claudia e Jarbas não pararam de trabalhar no espetáculo. Eles entraram em estúdio para fazer uma coisa praticamente inédita no Brasil: gravar as músicas de “Conserto para Dois, O Musical”.

Vamos lançar as canções nas plataformas digitais. Essa é uma prática muito comum para os espetáculos da Broadway, por exemplo. Tivemos essa ideia e achamos que vai ser muito interessante para o público poder ouvir as músicas fora do teatro também. Apesar de serem fundamentais para o enredo da peça, elas também podem ser ouvidas fora desse contexto e fazerem todo sentido. Já gravamos tudo e devemos disponibilizar o disco nas plataformas digitais junto com a estreia na peça, no dia 1º de outubro”, afirma Claudia.

SERVIÇO

“Conserto para Dois, O Musical”
Local: Teatro Procópio Ferreira
Endereço: Rua Augusta, 2.823 – Cerqueira César | São Paulo
Data de estreia: 1º de outubro
Dias de exibição: de sexta-feira a domingo
Horários de exibição: 21h, às sextas-feiras e sábados; 19h, aos domingos
Duração: 100 minutos
Classificação indicativa: 10 anos

Para se adequar aos protocolos de segurança por causa da pandemia do covid-19, a casa receberá 60% de seu público.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *